• Oseias Evangelista

Haiti 2.0, 2017

Atualizado: 15 de Fev de 2019

Segunda viagem ao Haiti em maio de 2017 juntamente com a ONG Equipe Mãos.


Em 2016 havíamos iniciado nosso projeto de levar a odontologia para povos carentes, onde quer que isso fosse possível. Em nossa primeira experiência, havíamos realizado apenas extrações mas dessa vez seria diferente, com o apoio da empresa brasileira CVDentus teríamos à nossa disposição um aparelho de ultrassom que nos permitiria realizar procedimentos clínicos como limpeza e restaurações. Um sonho.

CVDentu apoia o #projetoodontovale.

Mais do que uma maneira de pensar, essa é nossa forma de agir. Junte-se a nós e compartilhe essa ideia.

A primeira restauração que fizemos gerou uma reação nas crianças foi muito diferente do que esperávamos. Depois de muitos gestos, o tradutor nos explicou que elas não estava entendendo o que tínhamos feito.


Queriam saber se podiam comer com a restauração, se para dormir era preciso retirar. Foi quando descobrimos que eles nunca haviam visto algo parecido, isso mexeu muito conosco.

Indo além...

Não paramos por aí, além de atender as crianças com restaurações e extrações para os adultos, a Alice havia treinado no Brasil, mesmo não sendo ela da área odontológica, sobre como confeccionar próteses parciais provisórias.

Lá estávamos nós, eu moldava e ela confeccionava as próteses de modo rudimentar mas com muita vontade de ajudar, ao final, eu re-embasava em boca, deu certo.



Ao final de 15 dias, muitas extrações, restaurações, algumas próteses parciais e uma baita além de terrivelmente dolorosa conjuntivite estávamos de volta ao Brasil com os corações em chama. Só conseguíamos pensar em como levantar recursos para tornar o trabalho menos penoso e mais produtivo.


Até breve Haiti.



9 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Instagram Icon

© 2023 por Sal & Pimenta. Orgulhosamente criado com Wix.com